Outubro Rosa – Unidade Americana

Na última sexta-feira 27/10, a unidade de Americana/SP do Grupo MedNet, ficou rosa!

Uma ação dedicada à campanha do Outubro Rosa fez com que os funcionários se unissem e viessem trajados com uma peça de roupa/acessório na cor rosa, em apoio à Campanha do mês de Outubro, em prol ao combate ao Câncer de Mama.

Confira algumas fotos tiradas com os colaboradores da unidade:

VÍDEO COMERCIAL – GRUPO MEDNET

 

Palestra sobre Câncer de Mama – Mednet Piracicaba

Em comemoração ao Outubro Rosa, a unidade MedNet de Piracicaba esteve presente no seu cliente: Transportadora Veronese.

Foi um momento descontraído de bate papo, onde falaram sobre o câncer de mama com o objetivo de compartilhar informações, promover a conscientização sobre a doença, a importância do auto exame e da mamografia, e consequentemente um aprendizado mais completo sobre o assunto em si.

Ou seja, aprenderam a importância da identificação precoce com causa do sucesso no tratamento.

Confira algumas fotos de como foi o evento:

Saiba como aumentar a produtividade no ambiente de trabalho

Organização, distração, vegetação e elementos naturais são algumas das características que influenciam na produtividade de profissionais Saber filtrar bons hábitos no ambiente de trabalho, ou seja, atividades que rendam e compensem o tempo trabalhado é mais do que essencial e influência diretamente na produtividade. Segundo a arquiteta especialista em ambiente de trabalho, Priscilla Bencke, nem sempre conseguimos observar essas necessidades de uma forma objetiva, o que resulta em profissionais menos produtivos e mais ocupados. “Muitas vezes durante a dinâmica profissional dividimos nosso tempo com funções que outra pessoa poderia desenvolver da mesma forma ou até melhor, resultando em extensivas horas que não rendem”, afirma a especialista. De acordo com arquiteta é importante saber avaliar prioridades como, por exemplo: “O que eu poderia aprender que contribuiria para o meu desempenho profissional? Será que sou a pessoa mais adequada para minha tarefa?” É fundamental fazer essa analise para criar a capacidade de aprender novas habilidades. Porém, é difícil tornar-se apto a coisas novas quando não é adequado às necessidades existentes.

Como forma de contribuir para organização de locais que sejam menos estressantes aos colaboradores, a especialista separou algumas dicas essenciais para aumentar a produtividade no ambiente corporativo:

1 – Organize-se: intercale o tempo durante as atividades; 2 – Evite distrações: principalmente de aparelhos celulares e redes sociais; 3 – Barulhos: não permita ser interrompido por um ruído desagradável. “Nesses casos, uma dica é ouvir uma música, de maneira que quebre esse incômodo prejudicial ao foco”, orienta Priscilla; 4 – Insira elementos naturais: pesquisas indicam que a presença de vegetação no ambiente aumenta 15% da produtividade. “Insira flores e plantas em seu espaço de trabalho. Além de ser agradável visualmente, auxilia no bem estar mental”, aconselha a especialista. 5 – Invista em espaços de descompressão: uma sala ou um corredor de convivência para relaxamento é fundamental para manter o equilíbrio mental.

Muitas empresas atualmente investem em recursos estratégicos voltados à qualidade de vida dos profissionais, o que impacta diretamente na organização interna e no reflexo de iniciativas no espaço físico. As empresas corporativas devem se basear em três estratégicas ambientais para um desenvolvimento maior no futuro dos locais e na produtividade dos funcionários: Bem estar humano: atrás de todo profissional há um ser humano que precisa ser cuidado. Pesquisas indicam que quando as pessoas se sentem bem, elas passam a produzir melhor. Dessa forma, é necessário fazer uma aplicação inteligente de elementos ambientais que influenciam diretamente na sensação de aconchego e bem estar como, por exemplo, inclusão de vegetação e elementos naturais; valorização da iluminação natural do ambiente e projeto adequado para a iluminação artificial; Flexibilidade Um ambiente de trabalho flexível é aquele que consegue atender as necessidades da empresa, ou seja, ter espaços flexíveis (multiuso) e mobiliários flexíveis, com múltiplos usos para adaptar-se a qualquer necessidade; Ambiente saudável Cada vez mais as pessoas estão buscando qualidade de vida, por isso, se preocupam mais com a saúde. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o modelo de um ambiente de trabalho saudável é alcançado por elementos como: bem estar, saúde e segurança no trabalho que envolve diretamente a inclusão de mesas com regulagem de altura, ajuste dos equipamentos conforme ergonomia, distâncias adequadas entre as estações de trabalho e ergonomia das estações de trabalho.

 

(Fonte: noticias.r7.com)

O nosso muito obrigado para a MedNet São Caetano!

Na última sexa-feira (13/10), a equipe da Unidade Mednet de São Caetano do Sul,  fez um treinamento de reciclagem dos seguintes processos: Comercial, Financeiro, Marketing, Segurança do Trabalho, Atendimento e SAC. Além de sanarem dúvidas sobre as últimas alterações do sistema próprio do Grupo Mednet – GIMOST.

Os funcionários e diretores da unidade, fizeram uma pausa para uma foto super criativa, onde se encontra o outdoor do Grupo Mednet na Rodovia dos Bandeirantes.

A Mednet Franchising agradece a toda equipe e os parabeniza pela dedicação. Contem conosco!

 

WORKSHOP MEDNET 2017

Nos dias 06 e 07 de Outubro o Grupo Mednet realizou um Workshop para os diretores das unidades franqueadas. O intuito do evento foi falar sobre a importância da Gestão de Resultados, referente ao Planejamento estratégico, com temas sobre: Reflexos do eSocial em Medicina e Segurança do Trabalho, eSocial: GIMOST e Sistema Web, Gestão por indicadores, Mudança da CLT, e exercício prático sobre todos os temas abordados.

Gostaríamos de agradecer aos franqueados presentes e aos palestrantes Marcelo Santucci ( “Gestão por indicadores” – MS CONSULT) e o Advogado Dr. Antonio Ventura (“Mudanças CLT” – FRANZIN ADVOCACIA). Confira em nossa galeria como foi o evento:

Comissão faz mudanças nas normas regulamentadoras 12 e 22

A Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP), reunida no Ministério do Trabalho na quarta-feira (20/09), aprovou mudanças nas normas regulamentadoras nºs 12 e 22, respectivamente no que se refere ao transporte de cargas e à atualização de termos na nomenclatura utilizada em itens do Plano de Atendimento a Emergências.

As mudanças realizadas na NR-12 dispõem sobre a possibilidade do uso de teleféricos para transporte de cargas, obedecendo certas medidas de segurança, regras adicionais sobre o uso de dispositivos de acionamento bimanual de máquinas, sinalização de máquinas autopropelidas; além da inserção de quatro termos e alteração de outros três no glossário da norma. As decisões serão publicadas em Diário Oficial da União nos próximos dias.

Outra decisão da CTPP foi a criação de um grupo de estudos para normatizar a prevenção no trabalho com agentes cancerígenos. Outras comissões, que tratam de temas como limpeza urbana, estufagem de contêineres e calor nos ambientes de trabalho, também realizaram discussões e devem iniciar suas atividades ainda neste ano.

(Fonte: ANAMT)

OMS lança alerta sobre altos índices de suicídio

A Organização Mundial da Saúde (OMS)  estima que um milhão de pessoas morre anualmente vítimas de suicídio (uma a cada 40 segundos), o que equivale a 1,4 por cento dos óbitos totais.

Cerca de 75 por cento ocorrem em países de rendimento médio e baixo e a maior parte dos países não possui estratégia nacional de combate à morte voluntária.
A agência das Nações Unidas indica que o suicídio é a 13.ª causa de morte no mundo, sendo uma das principais entre adolescentes e adultos até aos 35 anos.
A taxa de suicídio é maior nos homens do que nas mulheres, que utilizam meios letais como armas de fogo e enforcamento.
Ao assinalar-se hoje o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, a  Organização Mundial de Saúde  alerta aos países para a adopção de estratégias nacionais de combate à morte voluntária.
No quadro da data que hoje se assinala, realiza-se em todo o mundo uma campanha denominada “Setembro Amarelo”, que consiste em actividadades de sensibilização contra o suicidio.
Na marginal de Luanda está previsto para hoje um debate que tem como uma das oradoras a médica psiquiatra Fausta Conceição, co-autora do livro “Suicídios em Angola”.
A obra, lançada em Fevereiro deste ano, indica que Angola registou 2.400 suicídios nos últimos dois anos, em consequência de problemas psíquicos e sociais, com maior incidência nas províncias de Luanda e Huíla. Os solteiros preenchem 75 por cento dos casos de suicídio, sendo 80 por cento cometidos por pessoas sem ocupação.
A especialista defende que é necessário muito trabalho por parte da sociedade para combater este flagelo.
O avolumar de casos de morte voluntária coincide com o período de forte crise em Angola, que se verifica desde finais de 2014, provocada pela quebra nas receitas com a exportação de petróleo.
Segundo a pesquisa com base em dados oficiais, feita por quatro médicas psicólogas e psiquiátricas  e reunida no livro, a província de Luanda registou maior número de suicídios no país, com 90 casos num único trimestre.
O método mais usual para a prática de suicídio é a “asfixia por enforcamento”, sendo que as principais causas de tal prática variam entre problemas do fórum psíquico e problemas sociais, como a falta de emprego. A especialista alerta para números ainda mais graves, tendo em conta que muitos casos de suicídio não chegam ao conhecimento das autoridades, devido ao estigma e tabu que ainda persiste no seio de muitas famílias.

Medidas de prevenção

A Organização Mundial de Saúde considera  que  os suicídios podem ser evitados com uma série de medidas que devem ser tomadas junto da população.
Entre as medidas destacam-se a introdução de políticas para reduzir o uso nocivo do álcool, identificação precoce, tratamento e cuidados de pessoas com transtornos mentais.
O suicídio é uma questão complexa, por isso, os esforços de prevenção necessitam de coordenação e colaboração entre os múltiplos sectores da sociedade, incluindo saúde, educação, trabalho, agricultura, negócios, justiça, lei, defesa, política e comunicação social.
O estigma, particularmente em torno de transtornos mentais e suicídio, faz com que muitas pessoas que pensam em tirar suas próprias vidas ou que já tentaram suicídio não procurem ajuda e, por isso, não recebam o auxílio que necessitam.
A Organização Mundial de Saúde considera que em em muitos países, a prevenção não tem sido tratada de forma adequada devido à falta de consciência do suicídio como um grave problema de saúde pública. Em diversas sociedades, o tema é um tabu, por isso, não é discutido abertamente.

(Fonte: goo.gl/Y92BaV)

Inmetro proíbe lâmpada LED que pode queimar os aparelhos da sua casa

Estão proibidas a fabricação e comercialização da lâmpada LED “Superled Ouro 9W” da empresa Ourolux em todo o território nacional. A decisão foi anunciada pelo Inmetro nesta segunda-feira (28) ao suspender cautelarmente o registro do produto (002638/2016) depois de averiguar que o produto causa perturbações eletromagnéticas que podem, em situações extremas, queimar aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos e causar curtos-circuitos na rede elétrica doméstica.

A orientação do Inmetro é que os consumidores que possuem o modelo de lâmpada em casa deixem de utilizá-lo imediatamente e entrem em contato com a empresa para a troca do produto. 

De acordo com a diretora do Procon Paraná Claudia Silvano, em breve a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) deve anunciar um recall do produto para prevenir que danos aconteçam. O advogado especialista em Direito do Consumidor Kleber José Trinta Moreira e Lopes, que já foi diretor do Procon Maranhão e membro da Senacon, lembra que o consumidor pode procurar o fornecedor onde comprou a lâmpada e exigir um outro produto de igual valor ou seu dinheiro de volta. No caso de objetos queimados, só é possível conseguir a indenização depois do laudo de um engenheiro eletricista.

Segundo nota do Inmetro, a Divisão de Vigilância de Mercado (Diretoria de Avaliação da Conformidade) recebeu uma denúncia e deflagrou uma investigação com o objetivo de avaliar os supostos riscos à segurança oferecidos pela lâmpada da marca.

Ainda de acordo com a nota, ensaios realizados por laboratório credenciado pelo instituto em amostras do produto coletadas no mercado mostraram que o modelo foi reprovado no teste de Compatibilidade Eletromagnética (EMC), que avalia a ocorrência de perturbações eletromagnéticas radiadas na faixa de 30 MHz a 300MHz.

A proibição persistirá até a empresa corrigir os problemas da lâmpada. O Inmetro acionou ainda a Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade-Inmetro e orientou que sejam realizadas ações de fiscalização com o objetivo de determinar se a proibição de fabricação e comercialização está sendo cumprida. Além disso, comunicou o caso à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) para que adote as medidas cabíveis.

Em nota, a empresa Ourolux esclarece: ?A Ourolux reconhece a importância do trabalho do Inmetro para a segurança do consumidor e tem nesse instituto um aliado em nossa busca constante por qualidade. Essa filosofia nos conferiu, entre outros reconhecimentos, a Certificação ISO 9001. Nesse sentido, realizamos anteriormente 3 testes com laboratórios formalmente certificados pelo Inmetro com o mesmo produto. Todos os testes apontaram que a lâmpada SUPERLED Ouro 9w, estava em conformidade com as especificações do órgão.

Fonte: Gazeta do Povo

CONARH 2017

Pela 4ª vez, o Grupo Mednet está presente no Conarh,  feira de negócios, que apresenta as novidades e tendências em Gestão de Pessoas e Recursos Humanos e palestras oferecidas pelos patrocinadores.

A edição 2017 traz novidades na estrutura, como o Espaço Vivências, a Sala Mentoria e também os seis palcos para conteúdo simultâneo em um único auditório, com temas relacionados a trilhas especificas de conhecimento, que poderão ser escolhidas pelo participante congressista de acordo com a área de interesse.  A outra novidade é a programação cultural, que irá promover a arte e a história de São Paulo por meio de eventos simultâneos ao congresso. O evento teve início no dia 15/08 e vai até o dia de hoje 17/08/2017 às 17h.

Venha nos visitar! Estamos localizado no estande 14, à direta da entrada principal.

LOCAL: São Paulo Expo – Rod. dos Imigrantes, Km 1,5 – Água Funda, São Paulo (a 1.7km do Metrô Jabaquara)

Confira alguns cliques dos primeiros dias: