TST condena empresa por trabalho sob o sol e sem pausa em canavial

Imagem relacionada

Em decisão unânime, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) condenou a empresa Anicuns Álcool e Derivados a pagar uma indenização a um cortador de cana que trabalhou por longos períodos sob o sol de uma plantação em Goiás. A decisão, que pode render um ressarcimento de até R$ 50 mil, muda o entendimento sobre o assunto nos tribunais regionais, que usarão o despacho do tribunal superior para indenizar funcionários que tiveram a saúde comprometida por exposição solar prolongada.

Joselino Joaquim da Silva, 56, trabalhava na cidade de Adelândia, em Goiás, cortando cana sob um sol de até 30ºC em safras e entressafras. Ele chegava à lavoura antes das 8h e encerrava as tarefas às 16h.

Leia mais

Novembro Azul – O exame de toque

Importante para a detecção precoce do câncer de próstata, o exame de toque retal dura, no máximo, 2 minutos. Trata-se de um exame indolor que não deixa sequelas e não é tão desconfortável quando comparado com alguns exames ginecológicos.

Leia mais

Apenas 18% das empresas mantêm um programa para cuidar da saúde mental

Resultado de imagem para saude mental

Nove em cada dez brasileiros no mercado de trabalho apresentam sintomas de ansiedade, do grau mais leve ao incapacitante. Metade (47%) sofre de algum nível de depressão, recorrente em 14% dos casos. Os dados são da última pesquisa da Isma-BR, representante local da International Stress Management Association, organização sem fins lucrativos dedicada ao tema.

Os transtornos mentais e emocionais são a segunda causa de afastamento do serviço. Nos últimos dez anos, a concessão de auxílio-doença acidentário devido a tais males aumentou em quase em 20 vezes, segundo o Ministério da Previdência Social. Com frequência, os doentes ficam mais de 100 dias longe de suas funções. Em todo o mundo, os gastos relacionados a transtornos emocionais e psicológicos podem chegar a 6 trilhões de dólares até 2030, mais do que a soma dos custos com diabetes, doenças respiratórias e câncer, apontam estimativas do Fórum Econômico Mundial. A previsão pode ser subestimada, já que dois terços dos indivíduos não procuram auxílio médico especializado.

Leia mais

Dia dos Engenheiros e TSTs é comemorado hoje

Imagem relacionada

A data é comemorada neste dia devido à promulgação, em 27 de novembro de 1985, da Lei nº 7.410, que regulariza as profissões de engenheiro e de técnico de Segurança do Trabalho. O termo “Segurança do Trabalho” designa o conjunto de normas e medidas adotadas para evitar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como para proteger a integridade e a capacidade dos trabalhadores.

Os profissionais dessa área atuam para acabar com os acidentes de trabalho – e aí também se enquadram as doenças do trabalho – conscientizando, tanto os empregadores quanto os trabalhadores da importância da prevenção.

Leia mais

CAMPANHA DSMST – Segurança e higiene ocupacional em salões de beleza

Considerados estabelecimentos comerciais de interesse da saúde, os salões de beleza costumam oferecer riscos químicos e biológicos a quem atua e frequenta estes ambientes, além de gerar perturbações musculoesqueléticas aos profissionais que ali executam suas atividades diariamente.

É importante aplicar e seguir algumas medidas de proteção coletiva e individual para garantir e segurança, a saúde e o bem-estar no local de trabalho: Segurança e Higiene em salão de beleza

 

 

 

Um trabalhador morre a cada 30 segundos no mundo por exposição a produtos químicos tóxicos, diz ONU

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), cerca de um trabalhador morre a cada 30 segundos no mundo devido a exposição a produtos químicos tóxicos, pesticidas, radiação e outras substâncias prejudiciais.

Governos e empresas devem aumentar seus esforços para proteger trabalhadores, suas famílias e comunidades contra qualquer exposição a produtos químicos tóxicos, afirmou o relator especial da ONU sobre direitos humanos e substâncias e resíduos perigosos, Baskut Tuncak. De acordo  ele, a exposição de trabalhadores a químicos tóxicos deve ser considerada uma forma de exploração, bem como uma crise de saúde global.

Leia mais

Cinco dicas para evitar problemas na coluna no trabalho

Resultado de imagem para problemas na coluna

Aprenda com especialista em coluna como adquirir mais qualidade de vida no ambiente de trabalho

Você sabia que as dores nas costas e a segunda maior causa de afastamento no trabalho por mais de 15 dias no país? Elas ficam atrás apenas de casos de fraturas. Segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho, em 2017 foram 12.073 casos de dores nas costas – 6,13% de um total de 196.754 afastamentos.

A postura correta nas atividades do dia, que inclui o trabalho, ajuda a evitar dores nas costas. Pensando nisso, o ortopedista, cirurgião de coluna vertebral e professor da Faculdade de Medicina Santa Marcelina, Dr. Luiz Cláudio Lacerda dá alguns conselhos para evitar que esse mal atrapalhe sua vida profissional e pessoal.

Leia mais

Dia do Engenheiro Eletricista

Nova unidade Mednet!