DEZEMBRO VERMELHO – Perguntas frequentes

Mulher com HIV pode engravidar?

Sim! Através do uso dos medicamentos antirretrovirais, a mulher pode engravidar e levar a gravidez sem problemas e sem afetar o bebê.

Se meu parceiro tiver HIV eu posso ter relações sem camisinha para engravidar?

Leia mais

DEZEMBRO VERMELHO – Tem cura?

Não. Infelizmente, a infecção pelo HIV ainda não tem cura, pois o vírus não pode ser eliminado do corpo.

Os cientistas tentam há anos encontrar alguma forma de curar o HIV ou então de desenvolver uma vacina, mas quase todas as tentativas, com a exceção do caso do paciente de Berlim, foram infrutíferas.

Entretanto, apesar de não ter cura, o HIV tem tratamento e, através dele, o paciente consegue viver uma vida sem grandes complicações. Estima-se, inclusive, que com o tratamento correto, a expectativa de vida de pacientes soropositivos seja quase a mesma de pessoas que não sofreram infecção.

Leia mais

CAMPANHA DSMST – Cuidados com ferramentas abrasivas

Discos abrasivos usados em pedestais ou ferramentas portáteis podem causas acidentes por montagem inadequada, uso em condições não permitidas ou má operação.

Por isso é importante lembrar-se dessas dicas sempre que estiver operando alguma ferramenta dessa: Faça download aqui

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

Workshop MedNet 2018

Nos dias 14 e 15 de dezembro realizamos o 4º Workshop do Grupo Mednet para diretores e gestores das unidades franqueadas.
O evento foi de grande importância e aprendizagem, pois os assuntos abordados estão diretamente associados ao crescimento da rede. Foram eles: Indicadores e Resultados do Grupo, nova Estrutura SAF, novo Módulo Comercial (GIMOST), Planejamento de Marketing 2019, Planejamento Comercial 2019, Planejamento SAF 2019, DISC e por fim, a grande novidade que será a implantação do CRM Bitrix24.

Leia mais

PORTARIA Nº 1.186, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2018 Aprova a Norma Regulamentadora n.º 37

Texto na íntegra abaixo:

PORTARIA Nº 1.186, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2018

Aprova a Norma Regulamentadora n.º 37 – Segurança e Saúde em Plataformas de Petróleo.

O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO – SUBSTITUTO, no uso das atribuições que lhe conferem o inciso II do parágrafo único do art. 87 da Constituição Federal, o inciso VI do art. 55, da Lei n.º 13.502, de 01 de novembro de 2017, e os arts. 155 e 200 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei n.º 5.452, de 1º de maio de 1943, resolve:

Art. 1º Aprovar a Norma Regulamentadora n.º 37 (NR-37) sob o título “Segurança e Saúde em Plataformas de Petróleo”, conforme redação constante do Anexo desta Portaria.

Art. 2º Criar a Comissão Nacional Tripartite Temática – CNTT da NR-37 com o objetivo de acompanhar a implantação da Norma Regulamentadora – NR, conforme estabelece o art. 9º da Portaria MTE n.º 1.127, de 02 de outubro de 2003.

Parágrafo único. A CNTT da NR-37 terá como regimento interno as disposições contidas na Portaria SIT n.º 186, de 28 de maio de 2010.

Leia mais

multas trabalhistas

5 multas trabalhistas que a empresa pode sofrer por falta do uso de EPI

O equipamento de proteção individual, popularmente conhecido como EPI, é todo produto ou dispositivo usado com o objetivo de proteger o trabalhador das atividades de seu ofício que ameaçam a sua saúde ou a sua segurança. A falta do uso de EPI por parte dos colaboradores pode resultar em diversas multas trabalhistas.

Existem vários tipos de EPI, sendo que seu uso varia conforme a atividade desempenhada e os riscos oferecidos por ela. Nesse caso, pode-se citar a proteção auditiva (protetor auricular ou abafador de ruídos), proteção respiratória (filtros e máscaras), proteção visual (óculos), proteção da cabeça (capacetes), proteção de pernas e pés (botas e sapatos), proteção de braços e mãos (luvas, mangotes e roupas de manga comprida), proteção contra quedas (cintos e cinturões de segurança) e proteção de corpo todo (macacão especial).

Leia mais

Confira dicas de segurança para suas festas de fim de ano: Natal e Reveillon!

DEZEMBRO VERMELHO – Sintomas

Os sintomas do HIV costumam aparecer por volta de 10 dias depois da infecção, porém, nesse período o vírus ainda não é identificável no organismo, pois não houve tempo o suficiente para que o corpo produzisse anticorpos anti-HIV.

De modo geral, leva-se por volta de 30 a 60 dias para que o organismo comece a produzir esses anticorpos, que são identificáveis nos exames.

No começo da infecção, os sintomas são muito parecidos com os de uma gripe comum, incluindo manifestações como febre e mal-estar. Por essa razão, a grande maioria dos casos passa despercebida, já que o paciente acha que está com um simples resfriado.

Leia mais

Resolução discrimina atividades e competências do Engenheiro de SST

Resultado de imagem para engenheiro

Foi publicada no Diário Oficial no dia 11 de dezembro, a Resolução nº 1.107, de 28 de novembro de 2018, que discrimina as atividades e competências profissionais do engenheiro de saúde e segurança e insere o respectivo título na Tabela de Títulos Profissionais do Sistema Confea – Conselho Federal de Engenharia e Agronomia/Crea – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, para efeito de fiscalização do exercício profissional.

Leia mais