7 tendências de novas tecnologias para recursos humanos em 2019

Curta e compartilhe essa publicação

novas tecnologias para recursos humanos

As novas tecnologias para recursos humanos surgem a todo instante, e é importante que os profissionais da área as acompanhem para que possam aplicá-las nas empresas em que atuam. Desse modo, o trabalho não se torna obsoleto, e a organização colhe bons resultados, pois terá implementado aquilo que há de mais moderno na área de RH.

Pensando em contribuir para a sua rotina profissional, listamos neste post as 7 principais tendências em tecnologia para recursos humanos que estarão em alta no ano de 2019. Ficou interessado no assunto e quer saber quais são elas? Então confira nos tópicos a seguir!

1. Inteligência artificial

A inteligência artificial já faz parte do nosso dia a dia, e a tendência é que ela seja cada vez mais aplicada no setor de recursos humanos. Entre os principais pontos que podemos destacar, nesse sentido, é o uso de chatbots para a comunicação interna.

Os chatbots são espécies de robôs que funcionam como atendentes virtuais. Eles sabem reconhecer perguntas e fornecer respostas, até mesmo desenvolvendo algumas atividades cognitivas que antes eram vistas apenas em seres humanos.

Por meio dos chatbots, fica mais fácil fornecer informações para os colaboradores. A ideia é que seja criado um canal de comunicação em que os funcionários possam esclarecer dúvidas sobre escalas de trabalho, folha de pagamento, eventos como a SIPAT etc.

Todas essas questões comuns podem ter respostas previamente programadas, respondidas pelos robôs, economizando o tempo dos profissionais de RH. Obviamente que algumas questões muito específicas devem ser respondidas por humanos, mas a maioria das questões podem ser esclarecidas com a inteligência artificial, dando mais produtividade aos profissionais.

2. Governança de dados

A governança de dados também faz parte das novas tecnologias para recursos humanos. Afinal, os dados precisam ser muito bem administrados dentro de uma empresa, ainda mais em um setor que lida com tantos documentos diariamente.

A internet é revolucionária, mas também nos expõe a riscos. É nesse sentido que a governança de dados deve trabalhar na área de RH, fazendo vistas à segurança da informação.

É necessário que se utilizem sempre softwares criptografados para enviar dados de funcionários por e-mail ou para outros sistemas, por exemplo. Apenas dessa forma se garante que objetos maliciosos ou pessoas mal-intencionadas não tenham o acesso.

3. Automatização de tarefas

A automatização de tarefas já é uma realidade quando falamos no setor de recursos humanos. Antigamente era comum que os profissionais da área perdessem horas selecionando currículos, desenhando escalas de trabalho e somando horas trabalhadas.

Hoje em dia tudo isso pode ser resolvido muito facilmente com o uso de softwares de gestão. No decorrer de 2019, essa realidade deve ser ainda mais acentuada, com mais tarefas sendo automatizadas, como os processos de recrutamento e seleção.

A automatização faz com que o setor de recursos humanos deixe de ser tão burocrático e operacional para se tornar mais estratégico. Sem ter que realizar tantas atividades manuais, os colaboradores da área podem pensar em ações mais abrangentes e relevantes para a empresa, como políticas para a saúde e segurança do trabalho.

4. Big Data

Falamos anteriormente sobre a importância dos dados no setor de recursos humanos. Porém, além de adotar um esquema de governança para garantir a segurança da informação, também é possível minerá-las para usá-las de forma estratégica.

O Big Data trata justamente disso: administrar os dados por meio de ferramentas tecnológicas. Isso é muito útil nos processos de recrutamento e seleção, principalmente para selecionar currículos.

Imagine que a sua empresa tem um grande banco de dados com currículos de pessoas que se candidataram para trabalhar na organização. Agora pense que o gestor do setor de marketing da empresa quer contratar um profissional que seja formado em relações públicas, tenha pós-graduação em comunicação digital e um nível avançado de inglês.

Encontrar essa pessoa entre os milhares de currículos que você tem cadastrado é muito complicado. Porém, com as ferramentas de Big Data, você pode adicionar filtros e selecionar rapidamente os currículos que têm essas características.

5. People analytics

Quando falamos em novas tecnologias para recursos humanos , também não podemos deixar de levar em consideração algo chamado de people analytics, ou simplesmente análise de pessoas.

Trata-se de uma metodologia em que são realizadas avaliações psicológicas para contratar profissionais que tenham fit cultural com a empresa, ou seja, que tenham valores condizentes com a cultura organizacional. As respostas obtidas nas entrevistas com os psicólogos são migradas para softwares de people analytics, que verificam quem se encaixa mais com a vaga a ser preenchida.

6. Aplicativos de recrutamento e seleção

Por falar em recrutamento e seleção, é cada vez mais raro vermos vagas sendo publicadas em mídias tradicionais, como em emissoras de rádio ou nas páginas de classificados dos jornais.

Atualmente é comum que as vagas sejam publicadas em redes sociais como o LinkedIn ou em grupos para essa finalidade no Facebook. Porém, a tendência é que cada vez mais se utilizem aplicativos para isso. Nesse sentido, a organização pode ter o seu próprio app ou fazer parte de redes de seleção de pessoas que disponham desse serviço.

7. Entrevistas a distância

Depois de selecionados os currículos que concorrerão às vagas das empresas, é chegado o momento de realizar entrevistas. Nesse caso, é uma tendência que cada vez mais os encontros sejam feitos a distância, por meio de ferramentas de videoconferência.

Isso é interessante para os candidatos, que não precisam se deslocar até a empresa e podem falar sobre as suas atribuições diretamente de suas casas. Obviamente que no decorrer do processo seletivo devem haver encontros presenciais, mas o primeiro contato pode ser feito por meio de entrevistas a distância, sem nenhum problema.

Essas são algumas das novas tecnologias para recursos humanos que estarão em alta nas empresas no decorrer de 2019. A sua organização já utiliza alguma delas? Como você pode perceber, as plataformas online podem ajudar a sua empresa, e nós da MedNet podemos ajudar nesse sentido.

Para saber mais sobre os serviços que oferecemos, não deixe de entrar em contato conosco agora mesmo. Teremos satisfação em atendê-lo!


Curta e compartilhe essa publicação
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *