Março Marinho: Causas do Câncer Colorretal

Curta e compartilhe essa publicação

Os pesquisadores encontraram vários fatores que podem aumentar o risco do câncer colorretal de uma pessoa, mas ainda não está claro como eles podem causar esse câncer.

Existem, atualmente, alguns progressos na compreensão de como certas mutações no DNA podem fazer com que células normais se tornem cancerígenas. O DNA contém as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todas as células. Normalmente, as pessoas se parecem com seus pais, porque eles são a fonte de seu DNA. Entretanto, o DNA também pode influenciar o risco de desenvolver certas doenças, como alguns tipos de câncer.

Alguns genes contêm instruções para controlar o crescimento e a divisão das células. Os genes que promovem a divisão celular são chamados oncogenes. Os genes que retardam a divisão celular ou levam as células à morte no momento certo são chamadas de genes supressores de tumor. Os cânceres podem ser causados ​​por alterações do DNA que se transformam em oncogenes ou desativam os genes supressores de tumor. Mutações em vários genes diferentes parecem ser necessárias para causar o câncer colorretal.

Mutações genéticas herdadas

Alguns cânceres colorretais são causados por mutações genéticas. Hoje, já se conhecem muitas dessas mutações no DNA e seus efeitos sobre o crescimento das células.

As síndromes hereditárias mais comuns associadas ao câncer colorretal são: polipose adenomatosa familiar, câncer colorretal hereditário sem polipose, síndrome de Gardner, síndrome de Lynch, síndrome de Peutz-Jeghers e polipose MUTYH.

Os exames genéticos podem diagnosticar as alterações genéticas associadas com estas síndromes hereditárias. Se você tiver histórico familiar de pólipos, ou câncer colorretal, ou outros sintomas ligados a essas síndromes, converse com seu médico sobre aconselhamento e exames genéticos.

Mutações genéticas adquiridas

A maioria das mutações do DNA relacionadas ao câncer colorretal não são herdadas, mas adquiridas durante a vida de uma pessoa. Existem alguns fatores de risco que provavelmente desempenham um papel importante nas mutações adquiridas, mas até agora não existe comprovação específica de qualquer mutação que cause o câncer colorretal.

Em muitos casos, a primeira mutação ocorre no gene APC, causando aumento na proliferação de células do intestino grosso devido à perda desse “freio” no crescimento celular. Outras mutações podem então ocorrer em genes, o que pode levar as células a crescimento e disseminação de forma incontrolável. Outros genes ainda não descobertos também podem estar envolvidos.

(Fonte: http://www.oncoguia.org.br)

Powered by Rock Convert

Curta e compartilhe essa publicação
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *