Como a crise fez o futuro do trabalho chegar mais rápido