Carregando...
Preencha a solicitação de proposta // Orçamento sem compromisso
E-Social

Sua empresa está apta?
Nós podemos te ajudar!

Preparamos um Guia Prático
para você:

Portal do cliente, é uma
plataforma web onde a empresa tem:
Funcionalidades do Módulo Empresa para acesso a informações dos funcionários.
Bloco destinado a criar relatórios das funcionalidades do sistema.
Espaço para acesso à informações do PCMSO e PPRA da empresa.

Conheça nossas soluções

Aqui você encontra a solução mais indicada para o seu negócio e seus colaboradores:

Treinamentos em Medicina e Segurança do Trabalho
TREINAMENTO NR10 OBJETIVOS: O objetivo deste curso é atender as exigências do novo texto da Norma Regulamentadora nº 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, estabelecendo diretrizes...
Saiba mais
CIPA NR05 – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE AS CIPAS A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho/CIPA,visa a proteção da saúde dos trabalhadores dentro das empresas. A constituição de órgãos dessa natureza...
Saiba mais
NTEP / RAT / FAP
O que é FAP? É o Fator Acidentário de Prevenção que afere o desempenho da empresa, dentro da respectiva atividade econômica, relativamente aos acidentes de trabalho ocorridos num determinado...
Saiba mais
Exames Complementares em Saúde Ocupacional
São denominados exames complementares todos aqueles que auxiliam o médico na elaboração de um diagnóstico. Na prática da medicina do trabalho eles ocupam uma dimensão importante, pois nem sempre...
Saiba mais
PPP – Perfil Profissiográfico Previdenciário
O Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) é um formulário com campos a serem preenchidos com todas as informações relativas ao empregado, como por exemplo, a atividade que exerce, o agente...
Saiba mais
Exames Médicos Ocupacionais – NR07
Os principais exames ocupacionais, segundo a NR07, são:   Exames Admissionais O exame médico admissional deverá ser realizado antes da contratação do colaborador, visando avaliar suas aptidões físicas e mentais, de maneira a verificar se o mesmo está apto para a função desejada e se o exercício da função...
Saiba mais
PCMAT – Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção
A Norma Regulamentadora – NR-18, estabelece diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de organização, que objetivam a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos de segurança nos...
Saiba mais
Ergonomia – NR17
Definição de Ergonomia A ergonomia pode ser definida como a ciência que estuda a integração entre o homem e o ambiente no qual ele está inserido, em especial no...
Saiba mais
LTCAT – Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho
O que significa LTCAT? Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho.   Qual a diferença entre o PPRA (programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e o LTCAT (Laudo Técnico...
Saiba mais
PCMSO NR07 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional
O PCMSO ou Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional é um programa que deve ser elaborado em implantado em todas as empresas que possuam funcionários registrados. A obrigatoriedade...
Saiba mais
PPRA NR09 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
Como o próprio nome já diz, é um Programa de prevenção de riscos ambientais, sendo esse um documento de ação contínua, ou seja um programa de gerenciamento, que precisa ser...
Saiba mais

Saiba mais sobre as normas regulamentadoras

NR 25 - Resíduos Industriais
25.1 Entende-se como resíduos industriais aqueles provenientes dos processos industriais, na forma sólida, líquida ou gasosa ou combinação dessas, e que por suas características físicas, químicas ou microbiológicas não se assemelham aos resíduos domésticos, como cinzas, lodos, óleos, materiais alcalinos ou ácidos, escórias, poeiras, borras, substâncias lixiviadas e aqueles gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição, bem como demais efluentes líquidos e emissões gasosas contaminantes atmosféricos. 25.2 A empresa deve buscar a redução da geração de resíduos por meio da adoção das melhores práticas tecnológicas e organizacionais disponíveis. 25.3 Os resíduos industriais devem ter destino adequado sendo proibido o lançamento ou a liberação no ambiente de trabalho de quaisquer contaminantes que possam comprometer a segurança e saúde dos trabalhadores. (Alterado pela Portaria SIT n.º 253, de 04/08/11)
NR 15 - Atividades e Operações Insalubres
15.1 São consideradas atividades ou operações insalubres as que se desenvolvem: 15.1.1 Acima dos limites de tolerância previstos nos Anexos n.º 1, 2, 3, 5, 11 e 12; 15.1.2 (Revogado pela Portaria MTE n.º 3.751, de 23 de novembro de 1990) 15.1.3 Nas atividades mencionadas nos Anexos n.º 6, 13 e 14; 15.1.4 Comprovadas através de laudo de inspeção do local de trabalho, constantes dos Anexos n.º 7, 8, 9 e 10. 15.1.5 Entende-se por "Limite de Tolerância", para os fins desta Norma, a concentração ou intensidade máxima ou mínima, relacionada com a natureza e o tempo de exposição ao agente, que não causará dano à saúde do trabalhador, durante a sua vida laboral.
NR 16 - Atividades e Operações Perigosas
16.1 São consideradas atividades e operações perigosas as constantes dos Anexos desta Norma Regulamentadora - NR. 16.2 O exercício de trabalho em condições de periculosidade assegura ao trabalhador a percepção de adicional de 30% (trinta por cento), incidente sobre o salário, sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participação nos lucros da empresa. 16.2.1 O empregado poderá optar pelo adicional de insalubridade que porventura lhe seja devido. 16.3 É responsabilidade do empregador a caracterização ou a descaracterização da periculosidade, mediante laudo técnico elaborado por Médico do Trabalho ou Engenheiro de Segurança do Trabalho, nos termos do artigo 195 da CLT. 16.4 O disposto no item 16.3 não prejudica a ação fiscalizadora do Ministério do Trabalho nem a realização ex-officio da perícia.
NR 14 - Fornos
14.1 Os fornos, para qualquer utilização, devem ser construídos solidamente, revestidos com material refratário, de forma que o calor radiante não ultrapasse os limites de tolerância estabelecidos pela Norma Regulamentadora – NR 15. 14.2 Os fornos devem ser instalados em locais adequados, oferecendo o máximo de segurança e conforto aos trabalhadores. 14.2.1 Os fornos devem ser instalados de forma a evitar acúmulo de gases nocivos e altas temperaturas em áreas vizinhas.

Últimas do Blog!

Os sinais de alerta descritos abaixo não devem ser considerados isoladamente. Não há uma “receita” para detectar seguramente quando uma pessoa está vivenciando uma cris [...]

O setor de telemarketing emprega milhares de brasileiros, mas ao mesmo tempo em que gera oportunidades de trabalho, principalmente para os mais jovens, também traz riscos à saúd [...]

A segurança no ambiente de trabalho é elemento indispensável, seja por exigência da legislação, seja pela necessidade de garantir a integridade de todos e do patrimônio da e [...]

Dados recentes divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que 9,3% dos brasileiros, mais de 18 milhões, apresentam os sintomas de ansiedade. Infelizmente, o Bra [...]

Brasília/DF - O Projeto de Lei 3818/19 altera todo o capítulo da Consolidação das Leis do Trabalho (Mudanças na CLT, Decreto-Lei 5.452/43) dedicado à engenharia de segurança [...]

Já dizia o pai do coaching, Timothy Gallwey: "a capacidade de parar é tão importante quanto a capacidade de andar". Quanto mais rápido o meu carro, mais importante que eu s [...]

O eSocial, criado em 2014 e em vigor desde 2018, deverá ser substituído por dois sistemas, segundo anúncio feito pelo titular da Secretária Especial de Previdência e Trabalho [...]

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarel [...]

A importância da Segurança no Trabalho se faz necessária diariamente como um fator de prevenção de acidentes e conscientização à todos os colaboradores das empresas bra [...]

O atendimento In Company, oferecido pela MedNet, é hoje um dos diferenciais mais importantes do grupo. A agilidade, praticidade e controle que este tipo de atendimento proporciona [...]